..

"A alma que não se abate, que recebe indiferentemente tanto a tristeza como a alegria, vive na vida imortal."Fonte - Bhagavad-Gita

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Yoga em academia!



Antes de escrever sobre este assunto, andei refletindo sobre o mesmo para que eu pudesse escrever a coisa certa com as palavras exatas. Lê alguns artigos não muito positivos sobre Yoga na academia e gostaria de mostrar uma nova visão desta filosofia; em relação ao Yoga e suas praticas em academia.

Então para quem faz Yoga na academia... não se assuste você não é uma ovelha desgarrada!!!

Nos dias de hoje, a velha amiga academia vem sendo reestruturada para adaptar a nova era fitnes = Wellness; saúde e bem-estar. Toda essa adaptação é por conta do avançado da nossa sociedade e como conseqüência disso o grande nível de estress que vem surgindo com todo esse avanço.

A maioria vive em um estilo de vida moderno e materialista, sem nenhum conhecimento do que é realmente profundo e verdadeiro. Sem perceber cada possibilidade de realização e evolução nesse lindo universo.

Muitas vezes não enxergamos o caos interno em que vivemos e muitos não procurariam nunca uma escola de Yoga por não ter conhecimento suficiente do que se trata.  Sabemos que a melhor busca desta filosofia é quando travamos contato pelo amor e não pela dor.

 Mas ás vezes precisamos da sombra para poder enxergar melhor... e é nesse momento que muitos encontram está filosofia. Mas sabe onde?  Na sua própria academia, onde muitos estavam mais preocupados com o tamanho do tríceps! Só que de repente não é que pelo destino, acaso, indicação acaba caindo na sala de yoga.... ahhhhh e sabe onde vão parar depois? Nas escolas de Yoga, onde alguns criticam essas modalidades em academia.

Minha profunda admiração aos profissionais da área de Yoga que com maestria driblam o ambiente, o barulho, o aluno que nem sabe por que está ali e com todo seu amor celebra o yoga e acende uma pequena luz no coração de cada pessoa que ali está presente. Essa luz pode ser representada pela busca da sua força interna, da sua vontade de viver, vontade de aprender, vontade em Ser ao invés de ter.

Assim sendo se você fechar os olhos agora... e olhar a voz do seu coração, se você conseguir por alguns minutos sentir o que vai aí dentro de você, mesmo que estiver no meio de milhões de pessoas, mesmo assim você estará praticando Yoga.

 Uso muito uma palavrinha em aula que é tão pequena, mas com tanto significado... Samskara;
que são condicionamentos criados por nós, saia da roda do samskara, na vida não tem certo e errado, fácil nem difícil, alegria e tristeza... então não descrimine, não julgue para não seres julgado. Pois o yoga e para ser sentido e vivido onde quer que você esteja.

Yoga não é ginástica, nem tão pouco um condicionamento físico, mas em sua tradução yoga é união assim sendo, vamos dar as mãos para que possamos criar um mundo melhor a nossa imagem e semelhança.

O importante em nossas vidas é a busca do equilíbrio, e saber lidar com está dualidade de princípios e costumes, o exercício físico que mantém o nosso corpo sã, se completa quando estamos em sintonia com a nossa mente. Deixo para vocês o termo em latim: “Mens sana in corpore sano” é uma famosa citação latina, derivada da Sátira X do poeta romano Juvenal. No contexto, a frase é parte da resposta do autor à questão sobre o que as pessoas deveriam desejar na vida (tradução livre):

Deve-se pedir em oração que a mente seja sã num corpo são.
Peça uma alma corajosa que careça do temor da morte,
que ponha a longevidade em último lugar entre as bênçãos da natureza,
que suporte qualquer tipo de labores,
desconheça a ira, nada cobice e creia mais
nos labores selvagens de Hércules do que
nas satisfações, nos banquetes e camas de plumas de um rei oriental.
Revelarei aquilo que podes dar a ti próprio;
Certamente, o único caminho de uma vida tranquila passa pela virtude.

Assim meus amores, olhemos um pouco dentro e também um pouco fora e tudo na medida certa, com equilíbrio.

Com todo meu amor e minha profunda gratidão em poder expressar o que sinto.
Namastê
Luciana Perez

Nenhum comentário:

Postar um comentário