..

"A alma que não se abate, que recebe indiferentemente tanto a tristeza como a alegria, vive na vida imortal."Fonte - Bhagavad-Gita

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Seguimos juntos







Amados, aproveite esse momento para repensar em tudo que fizemos no último encontro. E guardar o que serviu dentro da caixinha do conhecimento, assim, podemos nos preparar, para juntos com maestria alcançar um novo degrau na escada evolutiva que estamos percorrendo.

Paciência, o seu tempo não é o mesmo do universo, as mudanças estão acontecendo...aqueles que escolherem crescer irão ser beneficiados por isso. Mas lembre-se, querer crescer vai muito além do querer...precisa determinação, persistência, constância. Como qualquer outra coisa na vida!

Se vc está aí do outro lado lendo essa mensagem, captando tudo que nela contém e se esforçando para realizar essa mudança interna...parabéns. Mas se vc está lendo este email e lixando a unha, atendendo o telefone ou até mesmo quem sabe reclamado do andamento da sua vida; sinto muito por isso.

Pare de continuar encostado na árvore esperando que ela carregue vc, amorrrrrrr acorde... vcs não verão está transformação se não sairem desta cega estaguinação. É o pior de tudo é que vão continuar reclamando das mesmas coisas, vão se sentir perdidos, isolados, abandonados.

Se quer ver está mudança interna, então arregace as mangas e vamos juntos trilhar o caminho da verdade. A escolha é sua, tens o livre arbítrio ... pode usa-lo como quiser!


Que haja esperança no hoje
Que haja amor agora
Que haja paz por toda eternidade.

Hari Om
Lu Perez


Escolha uma palavra e veja o significado abaixo.

Abhaya
Aham
Ananda
Ananta
Antara
Buddhi
Chit
Dakini
Daya
Dhrti
Hari
Krttikas
Lakini
Mahadeva
Mananan
Mangalam
Mitratuam
Moksha
Nandi
Niyama
Pramoda
Preman
Purusha
Purushottama
Sat
Sattva
Satyam
Shodhana
Shraddha
Sukham
Taijasa
Utkata
Vira
Vishva


Quando olhar o significado, perceba se a palavra tem haver com seu momento!



Abhaya - ausência de medo
Aham - Eu
Ananda - plenitude
Ananta - eternidade
Antara - estar dentro
Buddhi - intelecto
Chit - consciência 
Dakini - Senhora do brilho
Daya - compaixão
Dhrti - firmeza
Hari - salvador
Krttikas - as pleidades
Lakini - a benfeitora de todos
Mahadeva - o grande Deus
Mananan - refletir sobre o conhecimento
Mangalam - auspiciosidade
Mitratuam - amizade
Moksha - libertação
Nandi - Touro de shiva, representa o individuo 
Niyama - disciplina para purificação do estudante
Pramoda - alegria
Preman - amor
Purusha - Ser
Purushottama - o mais alto Ser
Sat - existência
Sattva - tranquilidade, conhecimento, clareza
Satyam - verdade
Shodhana - purificação
Shraddha - fé
Sukham - felicidade
Taijasa - luminoso
Utkata - poderoso
Vira - herói
Vishva - aquele que é total


Se precisar de alguma interpretação especifica é só me mandar um email; lu_perez@uol.com.br

BJkas




quarta-feira, 23 de maio de 2012

Medicina e Espiritualidade









Dr. Sérgio Felipe de Oliveira, com a palavra:

  Ouvir vozes e ver espíritos não é motivo para tomar remédio de faixa preta pelo resto da vida...
Até que enfim as mentes materialistas estão se abrindo para a Nova Era; para aqueles que queiram acordar, boa viagem, para os que preferem ainda não mudar de opinião, boa viagem também...

  Uma nova postura da medicina frente aos desafios da espiritualidade. Vejam que interessante à palestra sobre a glândula pineal do Dr. Sérgio Felipe de Oliveira, médico psiquiatra que coordena a cadeira de Medicina e Espiritualidade na USP:

  A obsessão espiritual como doença da alma, já é reconhecida pela Medicina. Em artigos anteriores, escrevi que a obsessão espiritual, na qualidade de doença da alma, ainda não era catalogada nos compêndios da Medicina, por esta se estruturar numa visão cartesiana,
puramente organicista do Ser e, com isso, não levava em consideração a existência da alma,
do espírito. No entanto, quero retificar, atualizar os leitores de meus artigos com essa
informação, pois desde 1998, a Organização Mundial da Saúde (OMS) incluiu o bem-estar
 espiritual como uma das definições de saúde, ao lado do aspecto físico, mental e social.  Antes, a OMS definia saúde como o estado de completo bem-estar biológico, psicológico e
 social do indivíduo e desconsiderava o bem estar espiritual, isto é, o sofrimento da alma;
tinha, portanto, uma visão reducionista, organicista da natureza humana, não a vendo em
sua totalidade: mente, corpo e espírito.

  Mas, após a data mencionada acima, ela passou a definir saúde como o estado de completo
bem-estar do ser humano integral: biológico, psicológico e espiritual.Desta forma, a obsessão espiritual oficialmente passou a ser conhecido na Medicina como
possessão e estado de transe, que é um item do CID - Código Internacional de Doenças -
que permite o diagnóstico da interferência espiritual Obsessora.

  O CID 10, item F.44.3 -define estado de transe e possessão como a perda transitória da identidade com manutenção de consciência do meio-ambiente, fazendo a distinção entre os normais,
ou seja, os que acontecem por incorporação ou atuação dos espíritos, dos que são patológicos, provocados por doença.

  Os casos, por exemplo, em que a pessoa entra em transe durante os cultos religiosos e sessões mediúnicas não são considerados doença.

  Neste aspecto, a alucinação é um sintoma que pode surgir tanto nos transtornos mentais psiquiátricos - nesse caso, seria uma doença, um transtorno dissociativo psicótico ou o que popularmente se chama de loucura bem como na interferência de um ser
desencarnado, a Obsessão espiritual..  Portanto, a Psiquiatria já faz a distinção entre o estado de transe normal e o dos psicóticos que seriam anormais ou doentios.

O manual de estatística de desordens mentais da Associação Americana de Psiquiatria - DSM IV - alerta que o médico deve tomar cuidado para não diagnosticar de forma equivocada como
alucinação ou psicose, casos de pessoas de determinadas comunidades religiosas que dizem ver
ou ouvir espíritos de pessoas mortas, porque isso pode não significar uma alucinação ou loucura.

  Na Faculdade de Medicina DA USP, o Dr. Sérgio Felipe de Oliveira, médico, que coordena a cadeira (hoje obrigatória) de Medicina e Espiritualidade.
Na Psicologia, Carl Gustav Jung, discípulo de Freud, estudou o caso de uma médium que recebia espíritos por incorporação nas sessões espíritas.

  Na prática, embora o Código Internacional de Doenças (CID) seja conhecido no mundo todo, lamentavelmente o que se percebe ainda é muitos médicos rotularem todas as pessoas que dizem ouvir vozes ou ver espíritos como psicóticas e tratam-nas com medicamentos pesados pelo resto de suas vidas.

  Em minha prática clínica (também praticada por Ian Stevenson), a grande maioria dos pacientes, rotulados pelos psiquiatras de "psicóticos" por ouvirem vozes (clariaudiência) ou verem espíritos (clarividência), na verdade, são médiuns com desequilíbrio mediúnico e não com um desequilíbrio mental, psiquiátrico. (Muitos desses pacientes poderiam se curar a partir do momento que tivermos uma Medicina que leva em consideração o Ser Integral).  Portanto, a obsessão espiritual como uma enfermidade da alma, merece ser estudada de
 forma séria e aprofundada para que possamos melhorar a qualidade de vida do enfermo.
Texto de Osvaldo Shimoda
Colaboração de CEECAL - Centro de Estudos Espírita Caminho da Luz.



  Sérgio Felipe de Oliveira é um psiquiatra brasileiro, doutor em Neurociências, mestre em Ciências pela USP (Universidade de São Paulo) e destacado pesquisador na área da Psicobiofísica. A sua pesquisa reúne conceitos de Psicologia, de Física, de Biologia e de Espiritismo.


  Desenvolve estudos sobre a glândula pineal, estabelecendo relações com atividades psíquicas e recepção de sinais do mundo espiritual por meio de ondas eletromagnéticas. Realiza um trabalho junto à Associação Medico-Espírita de São Paulo AMESP e possui a clínica Pineal Mind, onde faz seus atendimentos e aplica suas pesquisas.


  Segundo o mesmo, a pineal forma os cristais de apatite que, em indivíduos adultos, facilita a captura do campo magnético que chega e repele outros cristais. Esses cristais são apontados através de exames de tomografia em pacientes com facilidade no fenómeno da incorporação. Já em outros pacientes, em que os exames não apontam tais cristais, foi observado que o desdobramento fora facilmente apontado.


  Segundo a revista Espiritismo & Ciência,[1] “o mistério não é recente”. Há mais de dois mil anos, a glândula pineal é tida como a sede da alma. Para os praticantes da ioga, a pineal é o ajna chakra, ou o “terceiro olho”, que leva ao autoconhecimento. O filósofo e matemático francês René Descartes, em Carta a Mersenne, de 1640, afirma que “existiria no cérebro uma glândula que seria o local onde a alma se fixaria mais intensamente”.


  Sérgio Felipe de Oliveira tem feito palestras sobre o tema em várias universidades do Brasil e do exterior, inclusive na Universidade de Londres. Numa apresentação na Universidade de Caxias do Sul, o pesquisador afirmou ter recebido vários estímulos para estudar a glândula pineal quando ainda estava concentrado em pesquisas na área de física e matemática. Um desses estímulos foi uma visão em que lhe apareceu o professor Zerbini, renomado médico cardiologista e pioneiro dos transplantes de coração no Brasil. Zerbini, a quem Sérgio teria substituído em seus dois últimos compromissos acadêmicos, sugeriu a Sérgio insistentemente (durante a visão) que estudasse a glândula pineal, conforme o relato do pesquisador.

domingo, 20 de maio de 2012

MIGUEL - CONTRIBUAM COM VOCÊS COMO VOCÊS SÃO









Miguel 
Canalizado por Ron Head 
Em 20 de maio de 2012

Neste dia auspicioso nós os congratulamos e nos unimos a vocês na amplificação de uma energia totalmente nova para seu planeta. Sua estrela solar e a estrela solar Alcione, sua lua e a querida Gaia estarão em alinhamento direto.

O aumento de energia resultante será sentido por dias. 

Vocês já a sentiam por dias enquanto o alinhamento se aproximava. 
Vocês estão entrando no tempo, na energia, na luz de que os antigos escreveram em suas pedras. 

Vocês estão entrando no tempo da revelação. 
A Terra trará à luz a evidência de seu passado até que seja impossível continuar ignorando-o. 

Novamente seus mundos exterior e interior refletirão um ao outro. 
E também, a verdadeira natureza de seu ser virá à luz agora. 
O véu fino como teia de aranha agora finalmente cairá para muitos de vocês.

O que vocês percebem começará a mudar dramaticamente, pois sua percepção estará bem mais inclusiva e precisa. Isto se ampliará mais e mais. 

As cores irão mudar. Vocês podem começar ver mais dos campos ao redor de todos os seres viventes. E também, muitas das coisas que vocês percebiam intuitivamente podem se tornar visíveis. 

Se vocês gostarem dessas coisas, e nós vemos que muitos de vocês gostam, tentem não usar palavras como "bizarro" ou "esquisito" para descrevê-las. 

Lembrem-se: suas palavras têm poder próprio. 
Melhor dizer: "Claro, eu sabia que era assim desde o começo."

Agora será fácil encontrar aqueles a quem vocês podem falar sobre essas coisas. 
Eles também estarão procurando muito por outros. 

Nem todos que começaram a experimentar isto estarão preparados. Por favor, NÃO permitam que ninguém venha lhes dizer que vocês são loucos ou maldosos. Vocês não precisam convencê-los, mas vocês também não precisam ouvi-los.

Ouçam sim à voz de seu coração. 
Se o coração estiver livre e feliz, vocês estão progredindo maravilhosamente. 

Se vocês fossem maldosos, nós lhes prometemos que o sentimento em seu coração seria intolerável.

Agora, neste dia, nós desejamos que vocês passem o máximo de tempo possível visualizando o mundo e a vida que vocês desejam criar. A frequência e o volume de luz disponível para vocês criarem raramente atingem a intensidade atual. 

Inspirem por cada poro. 
Levem para bem fundo de vocês e moldem seu futuro com sua pureza. 
Operem a magia neste dia. 

Ponham seu sonho perante seus olhos e energizem-no com a Luz. 

Escolham um importante para vocês e criem sobre ele, ou viajem levemente por todos os seus sonhos e iluminem-nos. 

Façam o que seu coração os levar a fazer, queridos. 
Afinal de contas, vocês estão aqui porque são vocês que precisavam estar aqui. 
Sejam esses seres necessários. 
Contribuam com vocês como vocês são.

Hoje sua descida da montanha ganha mais velocidade. 
Podem acontecer alguns trancos durante o caminho, mas a destinação está fora de dúvida.

Vocês podem descer a montanha gritando: "AHHHH" ou vocês podem descer a montanha gritando: "IUPI", mas na base da montanha é aonde vocês chegarão. 

Nós nos encontraremos aí com a mesa posta para a comemoração.

Aproveitem este dia em sua totalidade, queridos corações. 

Conversaremos amanhã outra vez.

Copyright © Ronald Head. Todos os direitos reservados. 
Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o 
altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e 
inclua esta nota de direito e o link: http://oraclesandhealers.wordpress.com/


Amores,

Quero começar agradecendo ao nosso ascencionado grupo de meditação,  pela confiança e entrega neste momento em que a terra transita de uma para nova era. Neste dia tão importante, em que surgi o alinhamento planetário, que caminhemos rumo a evolução.
Que possamos neste dia de hoje nos conectarmos com Gaia, a nossa mãe natureza, que estará alinhada no centro da galáxia com o Sol do nosso Sistema Solar, com o Sol Central, Lua, Alcione e Plêiades. 

Este e o momento de olharmos, escutarmos e sentirmos  o nosso chakra cardíaco (anahata), esteja conectado com o coração da mãe natureza, para que possamos entender as nossas verdadeiras responsabilidades diante do grande universo.

Lembremos do nosso encontro e do exercício do perdão... liberte-se para que vc possa sentir a verdadeira Maestria, verdadeira irradiação do amor incondicional. 

Entregue seus desejos, entregue sua vida para que possa cumprir a verdadeira missão que lhe cabe e receber  assim os eflúvios da natureza exuberante.

Nesse lindo momento de evolução, você já começou a agir em prol de um mundo melhor (dentro e fora), isso começou quando você tomou a iniciativa de estar neste encontro de amor, amor e amor. 

Sei que nem sempre e fácil sair da rotina e começar algo novo, porem todos estão sendo preparados, para que possamos primeiramente sustentar as nossas vidas no amor e na prosperidade e sustentar e direcionar a nossa missão para a paz universal. 

Hari Om, Hari Om, Hari OM.

Sugiro que continue esse trabalho que começamos no sábado, no dia de hoje 20/05/2012 no horário 20:24 às 22:42 pm  - HORÁRIO MÁXIMO DO ECLIPSE, às 20:47h - horário do Brasil, possamos entrar em sintonia com o mantra gayatri. 

Direcione a sua meditação de hoje a escutar e sentir  esse mantra da saudação ao sol. Desejo a cada um de vcs,  um feliz alinhamento.






OM - BHUR BHUVA SWAH
TAT SAVITUR VARENAYAM
BHARGO DEVASYA DHIMAHI
DHIYO YO NAH PRACHODAYAT

Este Mantra é um Louvor à Divindade de Surya. Ele é o Mestre hierárca da estrela maior, Sírios. O SOL do nosso sistema solar é a Estrela Divina Sírios. SIRIUS é o SOL do nosso SOL. O SOL do SOL da Terra. O Sol da nossa Galáxia. 

AUM
 A manifestação da Luz do Criador – Brahman – Pode ser entoado apenas -  OM – Este é o som da manifestação. O entoar do OM é um pedido de manifestação das palavras do mantra que se segue:

BHUR
– 
O Plano da Manifestação do Ser – O Esforço para a Manifestação da Vida.

BHUVA
– 
O Fogo destruidor dos sofrimentos – O Prana existente na atmosfera – O poder ativador do Chakra da Garganta.

SWAH ou SWAHA, ou ainda SVAH, OU SVAHA - O Plano Mental, o Reino da Iluminação, o chakra da coroa. Em sânscrito, significam :  Que assim seja ! Que se manifeste ! O mesmo que I AM, AUM, EU SOU, ou AMÉM. É quando concebemos o saber de algo. É uma confirmação de que queremos receber a energia do mantra que estamos entoando.

TAT
– 
Aquele que atua a manifestação do plano divino – Quem faz acontecer.

SAVITUR
– 
Brilhante como o Sol – SURYA, O Hierárca de Sírius - Aquele que se auto-ilumina e preserva a Luz. A energia Alfa do Pai. O representante máximo do "Grande Um", para a humanidade.

VARENAYAM
 O melhor – O supremo – Alguém que merece ser Adorado.

BHARGO 
A Radiação da Glória. Uma energia que consome a ignorância, e por conseqüência, o sofrimento e a miséria.

DEVASYA
– 
Iluminação que vêm de Deus. Sabedoria divina.

DHIMAHI 
Meditamos em sua Luz – Meditamos em seu Ser.

DHIYO YO NAH
– 
Para a grande visão (dhiyo) despertar  em nós – Para tudo sabermos.

PRACHODAYAT
– 
Direção – Coragem – Inspiração Cósmica – Sabedoria Cristica.


Com amor,
Lu


quinta-feira, 17 de maio de 2012

Inspiração

Que possamos olhar para esse video e ver o milagre da vida operando, essa mesma vida que pulsa dentro de você também. Acredite e não desista jamais!


Hari Ommmm


quarta-feira, 16 de maio de 2012

Grupo de meditação











Bhagavad Gita


História


Reis são sempre preocupados com a continuidade de seus reinos através de seus filhos, príncipes herdeiros ao trono.


Haviam três irmão, Dhrtarastra, Pandu e Vidura. Dhrtarastra, o filho mais velho nasceu cego e não pode herdar o trono. Pandu que tinha a saúde fraca, foi então coroado rei, governou muito bem e expandiu o reino, Vidura não era herdeiro legitimo, pois, na verdade era filho de uma criada. Foi um homem sábio e bom tornando-se ministro e conselheiro.


Dhrtarastra era invejoso e nunca aceitou a coroação de seu irmão mais moço. Apesar de não demostrar claramente, odiava os filhos de seu irmão que eram um obstáculo para que seu próprio filho se tornasse rei.


Ele sentia que se seu filho se tornasse rei, isso de alguma maneira, repararia o sofrimento e a mágoa que sentiu quando foi preterido em nome de seu irmão Pandu.


Os filhos de Dhrtarastra em especial o mais velho, Duryodhana, herdaram a inveja, a competição e o ódio do Pai para com seus primos.


Os filhos de Pandu eram filhos de cinco devas. Yudhisthira, o primogênito, era filho do Deus do dharma, a justiça. Bhima, filho de vayu, o vento; extremamente forte. Arjuna, o maior herói de sua época, era filho de Indra e um grande arqueiro. Nakula e Sahadeva eram gêmeos, calmos e sábios eram filhos dos Asvins.


Os cinco irmãos eram muito unidos. Quando o pai morreu, foram com a mãe Kunti, para o palacio onde seriam criados pelo Tio Dhrtarastra.


Inquietou-se quando os sobrinhos retornaram ao palácio, depois da morte do pai e fingiu ser amoroso e dedicado.


Quando eles cresceram foi aconselhado a dividir o reino com os filhos de seu irmão. Ele concordou mas escolheu uma terra desértica e abandonada para lhes oferecer.


Os Pandavas tornaram  esse reino próspero, belo e rico. Krishna era o querido primo amigo e conselheiro.


Duryodhana convenceu o pai a convidar os primos para um jogo de dados, obrigando-os a jogar. Só que eram dados viciados os Pandavas perderam tudo que possuíam, sofreram abusos.


A pedido Duryodhana, jogaram mais uma vez:quem vencesse ficaria com os bens de ambos, quem perdesse iria para floresta por doze anos e , no décimo terceiro,ficaria em algum lugar evidente, mas disfarçado, se fosse reconhecido ,voltaria para a floresta por mais doze anos.


Os Pandavas perderam, foram para a floresta e retornaram após treze anos par receberem o que lhes pertencia. Duryodhana recusou-se a devolver e queria a guerra.


Assim não teve jeito ambos os lados se preparam para a guerra. Krishna foi abordado por ambos, Arjuna e Duryodhana e ele disse que teria duas coisas a oferecer, a si mesmo sem armas ou todo seu exército armado.


Os Pandavas desejaram que Krishna estivesse do lado deles. Duryodhana recebeu contente o exército e as armas de krishna.



Reflexão do Ultimo encontro - 14/4/2012


Arjuna sabe que a guerra é inevitável, que terão de lutar, ele e seus irmãos para o restabelecimento do dharma, da ordem. Ele está seguro em relação a isso, mas quando vê que todos os que estão reunidos no campo de batalha são seus parentes, amigos e conhecidos, incluindo o avô e o mestre na campo inimigo é tomado por grande emoção. Ele percebe o conflito no qual se encontra. Nenhuma de suas escolhas lhe trará a felicidade completa. Se lutar, ele fará o que deve ser feito por ele, como príncipe e guerreiro; se não lutar, estará abandonando seu papel. Vencer dará a ele e a seus irmãos o sucesso na terra; morrer lhe dará o céu, tendo morrido no cumprimento de seu dever. Porém para vencer, terão que matar os parentes e amigos.


Reflexão do próximo encontro - 19/5/2012


Arjuna entende, naquele momento o que significa o samsara, o ciclo contínuo da vida, com momentos de felicidade e infelicidade, que jamais produz a satisfação completa. Qualquer ganho sempre envolve uma perda, e a perda, um ganho. Arjuna entende que, através da ação, satisfazendo seus desejos de segurança e prazer, ainda que governada pelo dharma, jamais alcançará a satisfação. Continuamente haverá o desejo de ser feliz, de ser suficiente.


O desejo é um sintoma de que a pessoa não está completa. E não é exatamente um objeto que ela deseja, mas algo através do qual ela planeja ser diferente e feliz.  Isto porque já conclui que é infeliz do jeito que é, limitada e insuficiente.


O desejo, e consequentemente a ação para ser diferente, e só então feliz, é o impulso para a roda do samsara, da constante transformação na vida e a inevitável insatisfação, pois uma pessoa limitada somada a um número infinito de conquistas limitadas será sempre insuficiente e limitada e, portanto infeliz. Não serão acréscimos que o farão infeliz ou feliz! Talvez o façam sentir-se mais confortavél. Se é possível ser feliz e completo, não será através de um processo de transformação, mas através da descoberta do ser eterno e completo. Será possível dar um basta á busca sem fim de ser diferente, e , então , ser feliz?

Bhagavad Gita
Gloria Arieira


Caso vc queira se aprofundar!


Capitulo 3 - A essência do Bhagavad Gita / Paramahansa Yogananda


  • Arjuna simboliza o devoto - a pessoa que busca a salvação divina e a união com Deus. Krishna simboliza o próprio Deus, o Eu Divino em cada ser humano.
Capitulo 5 - A essência do Bhagavad Gita / Paramahansa Yogananda
  • Cada Pandava no Mahabharata representa um dos chakras espinais, Draupadi simboliza o poder da kundalini, em virtude de uma série de circunstâncias ( que não precisamos ser mencionadas aqui), torna-se esposa de todos os cinco irmãos Pandavas.
  • Arjuna, o "príncipe dos devotos" conforme o chama Krishna no Gita, reside no manipura chakra e representa o sólido auto controle.

Amor
Lu