..

"A alma que não se abate, que recebe indiferentemente tanto a tristeza como a alegria, vive na vida imortal."Fonte - Bhagavad-Gita

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Oração





ORAÇÃO DO MESTRE LANTO

Em nome do Todo-Poderoso,
Eu levanto-me para desafiar a Noite,
Para erguer a Luz,
Para ser um foco da consciência de Gautama Buda!
EU SOU  a chama do lótus de mil pétalas!
E venho levá-la em seu nome!
Firme na vida nesta hora,
Estou de pé, empunhando o cetro de Crístico Poder,
para lutar contra as trevas,
para fazer brilhar a Luz,
para trazer de alturas estelares,
a consciência de anjos,
Mestres, Elohim, centros solares,
E de toda a Vida
Que é a Presença do EU SOU de cada um !
Reivindico a Vitória em nome de Deus.
Reivindico a Luz da chama solar.
Reivindico a Luz ! EU SOU a Luz !
EU SOU A VITÓRIA! EU SOU A VITÓRIA!
Da Mãe Divina e da Divina Criança,
E a vitória que exalta a coroa da vida e dos doze focos estelares
que se regozijam de ver a salvação do nosso Deus bem dentro da minha coroa,
Em Pleno centro do Sol de Alfa .
Está Feito
EU SOU Lanto 
***
O Raio Dourado representa a segunda pessoa da Santíssima Trindade, também chamado FILHO e a sua actuação constitui para o ser humano, uma das etapas mais espinhosas no processo de desenvolvimento, porque embora a Sabedoria aparente ser paz e serenidade (visto que não é provada pela força e sim pela paciência interior), exige a difícil virtude de saber escutar e esperar. 

MESTRE LANTO - O CRIADOR DE SOMBRAS






O CRIADOR DE SOMBRAS
MESTRE LANTO
Canal: Maria Silvia Orlovas
23/01/2013


Quem é o criador de sombras? 
Quem cria as sombras?
Quem faz com que as sombras existam?
Quem potencializa a Luz?

E quem se envolve no mais profundo, das sombras, se não o próprio Homem?

Eu fui um Monge. E o meu caminho foi longo, como é o caminho de todos os Monges. E talvez seja ainda mais longo, o caminho de um Monge, porque não lhe cabe distrações.

Vocês, o tempo inteiro, se envolvem com distrações:

Se distraem nascendo, se distraem caminhando, se distraem crescendo. Convivendo com a família. Tendo amigos, tendo amores. Sentindo a ausência das pessoas, participando da vida de uns, fugindo da vida de outros. Buscando o dinheiro, fazendo do dinheiro o seu Deus, fazendo do dinheiro, o seu martírio.

Porém, um Monge, ele se distrai com poucas coisas.

Eu fui pro caminho espiritual por absoluta falta de outras possibilidades. Eu não tive pai, e não tive mãe. Fui abandonado no mosteiro. E por uma profunda graça, por uma profunda sorte, eu fui acolhido, alimentado e cuidado, neste ambiente. Cresci cercado pelas grandes muralhas do mosteiro, mas alimentado. Cresci, tendo o que o comer, tendo o que vestir.

Mas eu via em tudo isso que era a minha história, que era a minha caminhada, uma grande dor, um grande sofrimento. Tudo isso na minha vida, era uma grande sombra. Porque eu estava infeliz, eu estava vivendo uma vida que eu não queria que fosse a minha. Passando por experiências, que eu não queria que fossem as minhas experiências. Vivendo dores, que eu achava que não tinha escolhido pra mim.

Às vezes eu ia, acompanhado pelos Monges, em algum trabalho na aldeia e olhava as crianças, com as suas famílias... E aí sim, olhando a felicidade do outro, eu enxergava e eu sofria, pensando na minha infelicidade. Pensando no quanto eu era só. Pensando, no colo de mãe que eu não tive, na presença do pai, do orientador que eu não tive. Eu olhava pra tudo o que eu não tinha.

E quando eu cresci mais e a minha vida era trabalhar e trabalhar e trabalhar. A minha sombra se tornou o meu trabalho. Porque eu olhava pra aquilo e pensava que, quantas pessoas tinham tudo mais fácil que eu? Quantas pessoas que tinham a liberdade de trabalhar e voltar para as suas casas? E eu ficava ali no mesmo lugar, preso no monastério.

E quando eu cresci um pouco mais, a minha sombra era pensar que eu queria sair e não tinha coragem. A minha sombra, era de imaginar uma outra vida pra mim e não ter coragem de romper com a vida que eu tinha. Com medo de que não desse certo, com medo que o ambiente não fosse favorável, que as pessoas não me permitissem esse caminho.

E depois, quando eu envelheci, a minha sombra era me criticar por tudo o que eu não tinha vivido. Por tudo o que eu não tinha feito, pelas escolhas erradas, pela minha falta de coragem. Por ter sido amigo de alguns que me traíram. Por ter sido vítima do desprezo de outros. Por não amar a Deus, suficientemente. Por não enxergar a mim mesmo.

A minha vida foi uma sequencia de sombras; dolorosas, tristes. Uma sequencia de reclamações. Uma sequencia de um diálogo, onde eu só criticava. E eu não tinha forças para dialogar de verdade. Eu não tinha forças para olhar o bem das situações; eu só olhava o que não dava certo, eu só olhava o mal, eu só olhava o que eu queria.

E quando eu desencarnei, quando eu morri e eu fui para o Plano Espiritual, um Ser, que me recebeu, num lugar muito bonito, muito aprazível, mas que parecia o monastério.

E eu pensei; meu Deus! Pra onde eu fui?
Pra onde eu vou? Onde eu estou? De novo o monastério!
E a pessoa me perguntou; o que eu tinha sido? O que eu tinha feito? 
E com os olhos muito doces, aguardou que eu respondesse.

E eu olhando pra baixo, ainda incompleto e não entendendo muito bem o que estava sucedendo comigo.

Eu disse: - Eu sou um Monge. Eu fui um Monge a minha vida inteira.

E aquele outro Ser, um amigo, que olhava pra mim... Ele abanou a cabeça e eu entendi que ele dizia não. Mas era tão doce aquele não. Era tão compreensivo, aquele movimento de cabeça. Era tão acolhedor aquele não, que eu não me senti ofendido, com aquela negativa daquela pessoa. Porque eu estava acostumado a me defender de tudo o que me acontecia. Eu estava acostumado a me defender das pessoas, das atitudes delas, das críticas. Eu estava acostumado a me manter fortemente em mim mesmo. Fechado no meu mundo. Me defendendo, porque assim que eu achava que tinha que ser.

Mas aquela pessoa, com aquele maneio de cabeça, me tocou tão profundamente.
E aí eu já não tinha mais certeza; de quem eu tinha sido, do que eu tinha feito.

E ele olhou pra mim e me disse assim: - Você não aprendeu meu filho. A sua vida inteira, você perseguiu a sua sombra.

E eu achei aquela conversa muito filosófica, estava longe mesmo da minha compreensão. Mas aí, ele me tocou. E quando ele me tocou, eu percebi a nuvem que era os meus pensamentos. Eu percebi o quanto eu estava fixado, o tempo todo, nas mesmas coisas.

Aquele momento de Luz, do contato espiritual, me fez ver que eu tornava as coisas sempre difíceis. Sempre nebulosas. Que eu saltava de uma poça de lama pra outra. De um problema pra outro. De uma situação difícil pra outra. De um comentário negativo pra outro, de um medo pra outro. 

Eu compreendi que eu tinha criado pra mim uma história, de uma grande sombra.

E hoje, a minha mensagem pra vocês é pra vocês potencializarem a luz. A sua Luz. 
Potencializarem o seu amor. A sua força de Amor.

Não se fixem nos problemas. 
Deixem que os problemas se portem como nuvens ao vento.

Ainda que sejam vários dias, meses de chuvas, sempre há o sol, sempre há uma luz.
Mas a luz não é uma subordinada as suas vontades.
Nem sempre as coisas acontecem como você planeja. 

Mas há uma luz em cada fato, em cada movimento, em cada pessoa, em cada história, em cada caminho. Vocês são a Luz.

Potencializem a sua Luz.
Potencializem o seu Bem.
Potencializem a Força Interior.

A Luz está em vocês e vocês estão na Luz.

Estaremos trabalhando, em todo o início deste ano, na força da Chama Trina.
Em união com a Chama Azul, Amarela e Rosa.

Estamos trazendo, a consciência da Força de vocês.
Reverenciando o Eu Crístico de cada um.
O Eu Crístico de vocês é o grande Sol do Coração.

Potencializem o Sol do Coração.
Porque é o Sol do Coração capaz de limpar todas as sombras.

Na sua vida, você sempre pode; ver a sombra ou compreender a Força do Sol.
Sentir a Força do Sol, amar a Força do Sol.
Reverenciem o seu Eu Crístico e sirvam, com humildade, Deus, que está em todos.

A serviço da força da Chama Trina, Eu Sou Mestre Lanto.
E trago a vocês a minha profunda reverência no Sol do Amor que eleva.

Recebam.


Maria Silvia Orlovas
mariasilviaporlovas.blogspot.com.br
Áudio da canalização AQUI

sábado, 19 de janeiro de 2013

Pensamento



O objetivo último da busca não será nem evasão em êxtase, para si mesmo, mas a conquista do poder e da sabedoria para servir aos outros. Uma das muitas distinções entre a celebridade e o herói é que um vive apenas para si enquanto o outro age para redimir a sociedade.

Joseph Campbell





Observe as ondas no oceano. Quanto mais alto a onda sobe, mais fundo é o sulco que a segue. Em um momento, você é a onda, no outro, você é o sulco que se forma atrás. Aproveite ambos -- não fique apegado apenas a um deles. Não diga: "Eu gostaria de estar sempre no auge!" Isso não é possível. Encare simplesmente o fato: não é possível. Isso nunca aconteceu, e nunca irá acontecer. É simplesmente impossível -- não faz parte da natureza das coisas. Então, o que se pode fazer?Desfrute o pico enquanto ele durar, e depois desfrute o vale, quando ele vier. O que há de errado com o vale? O que há de mal em estar em baixa? É um relaxamento. O pico é uma excitação e ninguém pode viver o tempo todo em estado de excitação.

Osho




Quando você planta a semente da verdade em seu coração e deixa a fé se enraizar profundamente, regando-a com o Nome de Deus, a paz floresce, produzindo o fruto da libertação. Portanto, cada ser humano deveria semear a verdade em seu coração. Quanto mais profunda for a raiz da fé, mais forte será a árvore da vida. Você deve fornecer água, para que a árvore possa florescer, por meio dos cantos devocionais e da contemplação de Deus. Somente então a flor da paz surgirá e, a partir dela, o fruto da libertação será alcançado.

SATHYA SAI BABA




Os homens estão sempre dispostos a vasculhar e averiguar sobre as vidas alheias, mas lhes dá preguiça conhecer-se a si mesmos e corrigir sua própria vida.

Santo Agostinho 



Um ser humano é parte de um todo, chamado por nós de “o Universo”, uma parte limitada em tempo e espaço. Ele experimenta a si mesmo, seus pensamentos e sentimentos, como algo separado do resto – um tipo de ilusão ótica de sua consciência. Essa ilusão é um tipo de prisão para nós, restringindo-nos a nossos desejos pessoais e à afeição a algumas poucas pessoas mais perto de nós. Nossa tarefa deve ser a de nos libertar dessa prisão aumentando nossos círculos de compaixão para abraçar todas as criaturas vivas e a natureza em toda sua beleza”.
Albert Einstein



Cada vez que algo me comove profundamente, seja poesia, música ou paisagem, tomo consciência de que vivo num universo significativo, que merece de mim mais do que as pequenas preguiças que manifesto na vida diária."
Colin Wilson




Quando o sol está sobre a sua cabeça, não haverá sombra. Assim também, quando a fé é constante em seu coração, não haverá qualquer sombra de dúvida. Não fale mal dos outros; fale somente sobre o que é bom neles. Todos são bons. Se você vê o mal neles, é porque há o mal em você. Se você não gosta de alguém, não se misture com ele. A graça é a luz do sol que amadurecerá o fruto. A disciplina espiritual é a seiva que nasce da terra. Ambas são necessárias à árvore da vida, para que ela possa produzir o fruto da libertação.

SATHYA SAI BABA



Amar é observar a mesma montanha por ângulos diferentes. 
Paulo Coelho



Guardar ressentimento é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra.



Deus é puríssima essência. Para os que têm fé nele, Deus simplesmente é.



Orar não é pedir. Orar é a respiração da alma.



Deus não tem religião.




O sofrimento e apenas o sofrimento abre no homem a compreensão interior.
Mahatma Gandhi





Quem não Vive para Servir, não Serve Para Viver
Mahatma Gandhi





Meu esforço nunca deve ser o de diminuir a fé do outro, mas torná-lo um melhor seguidor de sua própria fé.
Mahatma Gandhi




Um não dito com convicção é melhor e mais importante que um sim dito meramente para agradar, ou, pior ainda, para evitar complicações.
Mahatma Gandhi



Bem que se faz na véspera torna se felicidade no dia seguinte.

Proverbio Hindu


Faleceu Ontem...





Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida...

Um dia, quando os funcionários chegaram para trabalhar, encontraram na portaria um cartaz enorme, no qual estava escrito:

"Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida na Empresa. Você está convidado para o velório na quadra de esportes".

No início, todos se entristeceram com a morte de alguém, mas depois de algum tempo, ficaram curiosos para saber quem estava atrapalhando sua vida e bloqueando seu crescimento na empresa. A agitação na quadra de esportes era tão grande, que foi preciso chamar os seguranças para organizar a fila do velório. Conforme as pessoas iam se aproximando do caixão, a excitação aumentava:

- Quem será que estava atrapalhando o meu progresso ?
- Ainda bem que esse infeliz morreu !

Um a um, os funcionários, agitados, se aproximavam do caixão, olhavam pelo visor do caixão a fim de reconhecer o defunto, engoliam em seco e saiam de cabeça abaixada, sem nada falar uns com os outros. Ficavam no mais absoluto silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma e dirigiam-se para suas salas. Todos, muito curiosos mantinham-se na fila até chegar a sua vez de verificar quem estava no caixão e que tinha atrapalhado tanto a cada um deles.

A pergunta ecoava na mente de todos: "Quem está nesse caixão"?

No visor do caixão havia um espelho e cada um via a si mesmo... Só existe uma pessoa capaz de limitar seu crescimento: VOCÊ MESMO! Você é a única pessoa que pode fazer a revolução de sua vida. Você é a única pessoa que pode prejudicar a sua vida. Você é a única pessoa que pode ajudar a si mesmo. "SUA VIDA NÃO MUDA QUANDO SEU CHEFE MUDA, QUANDO SUA EMPRESA MUDA, QUANDO SEUS PAIS MUDAM, QUANDO SEU(SUA) NAMORADO(A) MUDA. SUA VIDA MUDA... QUANDO VOCÊ MUDA! VOCÊ É O ÚNICO RESPONSÁVEL POR ELA."

O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos e seus atos. A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença. A vida muda, quando "você muda".
Luís Fernando Veríssimo

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Sabedoria







Quando você conseguir superar
graves problemas de relacionamentos,
não se detenha na lembrança dos momentos difíceis,
mas na alegria de haver atravessado
mais essa prova em sua vida.

Quando sair de um longo tratamento de saúde,
não pense no sofrimento
que foi necessário enfrentar,
mas na bênção de Deus
que permitiu a cura.

Leve na sua memória, para o resto da vida,
as coisas boas que surgiram nas dificuldades.
Elas serão uma prova de sua capacidade,
e lhe darão confiança
diante de qualquer obstáculo.

Uns queriam um emprego melhor;
outros, só um emprego.
Uns queriam uma refeição mais farta;
outros, só uma refeição.
Uns queriam uma vida mais amena;
outros, apenas viver.
Uns queriam pais mais esclarecidos;
outros, ter pais.

Uns queriam ter olhos claros;
outros, enxergar.
Uns queriam ter voz bonita;
outros, falar.
Uns queriam silêncio;
outros, ouvir.
Uns queriam sapato novo;
outros, ter pés.

Uns queriam um carro;
outros, andar.
Uns queriam o supérfluo;
outros, apenas o necessário.

Há dois tipos de sabedoria:
a inferior e a superior.

A sabedoria inferior é dada pelo quanto uma pessoa sabe
e a superior é dada pelo quanto ela tem consciência de que não sabe.
Tenha a sabedoria superior.
Seja um eterno aprendiz na escola da vida.

A sabedoria superior tolera;
a inferior, julga;
a superior, alivia;
a inferior, culpa;
a superior, perdoa; a inferior, condena.
Tem coisas que o coração só fala
para quem sabe escutar!

Chico Xavier

domingo, 13 de janeiro de 2013

Pensar




Temos uma civilização que aborta constantemente....aborta um feto, uma criança de três anos e passa a vida rompendo e abortando  nossos sentidos originais.  Precisamos construir um pensamento respiratório e agir mais com a nossa essência do que com a mentira do outro. 

Vejo crianças serem corrompidas por um mundo insano, e sinto os corações mais velhos chorarem de sofrimento mesmo que dos olhos nem sequer caia uma lágrima. 

Entregamos a luz para ver o despertar no novo amanhecer!

Lu Perez

As aventuras de Pi



Esse filme trata principalmente do itinerário espiritual de um garoto curioso chamado Piscine Molitor Patel, vulgo Pi. O mais importante no filme foi a descoberta de Pi as  três religiões que o acompanharam durante a vida, o hinduísmo do qual aprendeu a devoção, o islamismo do qual aprendeu a ver Deus em todas as coisas e o cristianismo do qual aprendeu a amar. 

Interessante notar que o fato de Pi ter conhecido diferentes religiões, parecidas e discordantes entre si, não o impediu de tomar uma decisão livre de qualquer pressão. 

Com o tempo Pi teve de aprender não só a sobreviver às intempéries do mar como a domar o tigre faminto. É muito fácil perceber que o período que Pi passou com o tigre no mar foi uma bela demonstração das virtudes: a fé, a esperança e a caridade. Pi exercitou o dom da fé substituindo as quase obrigatórias murmurações por diálogos e até discussões com Deus; cultivou a esperança por meio das simples instruções de um manual de sobrevivência; e o mais importante: Pi não se fez de coitadinho nem descontou a raiva, o abandono e o desespero no tigre com quem conviveu durante todo esse tempo.

O filme mostra que Deus é humilde até em sua providência. Não há teletransportes, água do mar transformada em vinho, peixe transformado em filé mignon, etc. A lição é sobretudo a que temos de estar atentos aos movimentos divinos. Esse exercício ou prova divina repete-se ao longo de toda a “Aventura de Pi”. 


terça-feira, 8 de janeiro de 2013

ARCTURIANOS








MENSAGEM DOS ARCTURIANOS
Canalização de Sandra M. Luz
07/01/2013



Iniciei um diálogo com meus queridos amigos arcturianos e falávamos na importância de começarmos a mudar nossas realidades. E então pedi que nos trouxesse suas orientações, para nos ajudar em nossos processos internos de busca de nossa felicidade...


Amados Seres Humanos, 
Saudações Arcturianas.

Sempre nos sentimos felizes em auxilia-los e quando vocês evoluem, também somos gratos por poder participar deste processo auxiliando-os.

Contemplamos seus esforços na busca de se encontrarem, de se conhecerem e muitos de vocês já começam a descobrir que podem mudar suas realidades atuais, e isto os impulsionam para frente, levando ao encontro do que desejam.

O exercício de mudar seus pensamentos trazendo uma nova informação é um exercício diário que deve ser vivenciado por cada um de vocês.

Vejam por quanto tempo tiveram suas vidas limitadas por crenças, pensamentos e hábitos que os levaram a um caminho diferente do que desejavam.

Ainda não possuem suficiente confiança, coragem e determinação para mudar tudo apenas mudando seus pensamentos uma única vez.

O processo de repetição ainda é necessário, para que seus registros internos gravem novas informações substituindo as informações já existentes.

E, além deste processo de trazer informações novas, necessitam confiar nestas informações, para que as usem quando necessitar.

Quando não se confia, não se usa, por isto é importante que confie nas informações que estão colocando dentro de si.

E uma das formas de confiar é se conectando com a luz, para que se sintam protegidos, amparados e mais fortalecidos.

Isso trará mais confiança e, pouco a pouco, perceberão que nunca estão sozinhos em suas caminhadas.

E trarão mais confiança em tudo que fizerem e assim irão aprendendo a substituírem os pensamentos negativos pelos positivos.

E quanto mais fizerem isto, estarão reprogramando as informações internas e, com o tempo, estas informações positivas prevalecerão em tudo que fizerem.

Não há o que temerem, vocês estão indo muito bem e quanto mais se abrirem mais nos ajudaremos e mais se sentirão confiantes.

Percebam que o poder de mudar e de transformar as situações em suas vidas, traz mais rapidamente o que desejam.

A abundância divina esta disponível a todos, o que limita a realização de seus desejos são suas descrenças em seus poderes internos.

Quanto mais acreditarem em vocês mais rápido serão felizes e mais rápido mudarão suas realidades.

Só precisam começar a agir mudando seus pensamentos e pensarem no que desejam e não no que não desejam.

Lembre-se: o que você vibra você atrai.

Desejamos que consigam mudar suas realidades e tragam a energia da felicidade para suas vidas.

Somos os Arcturianos.