..

"A alma que não se abate, que recebe indiferentemente tanto a tristeza como a alegria, vive na vida imortal."Fonte - Bhagavad-Gita

domingo, 17 de maio de 2015

Yoga para Atletas






Yoga é uma filosofia originado na Índia que surgio  há mais de cinco mil anos a.c. Essa filosofia de união e bem-estar começou a ganhar o ocidente pelos imensos benefícios aliando ao corpo e mente, e hoje vem ganhando espaço por atletas que querem aumentar seu rendimento nos esportes.

Um grande exemplo é a corrida, quando corremos não podemos esquecer de um factor muito importante que é a concentração, a concentração é fundamental para quem pensa em resultados. 

Se você entra disperso em um treino ou competição, provavelmente seu rendimento será prejudicado. Muita gente tem dificuldade em se concentrar ou de se manter concentrado durante muito tempo.  A concentração depende muito da disciplina da mente, onde o yoga atua perfeitamente. Uma mente bem treinada encontra com muito mais facilidade para se manter focado nas atividades que se compete, seja na corrida, mas também em jogos que exige calma, controle e concentração como; futebol, vôlei, ginástica olímpica e tantos outros. Podemos ver a equipe de futebol alemã que continua utilizando yoga como um trabalho intensivo para o corpo físico e mente. 

Você já ouviu falar sobre estar em alfa, beta ou gama? Acredite, na atividade física você pode atingir este estado. Podemos colocar como exemplo a corrida, existe um momento na corrida em que seu corpo e mente são capazes de correr para sempre. Uma sensação em que pernas e músculos parecem fluir sem qualquer esforço. Este estado mental é caracterizado pelas ondas cerebrais que trabalham numa frequência mais baixa e proporcionam um relaxamento profundo para que tudo aconteça de uma forma mais agradável, conhecida como zona alfa. Nesta fase seu corpo apresenta um estado de equilíbrio entre o consumo e a produção de oxigênio. Não espere atingir este estado com algumas semanas de treino, pois este estado de equilíbrio é treinável.

Uma forma de aprimorar a sua concentração ou estar em zona alfa pode ser através do Yoga. O Yoga vai muito mais fundo que a nossa camada de músculos que compõe nosso corpo. As posturas conhecidas como ásanas, as técnicas de respiração e mentalização são ferramentas para alcançar um rendimento melhor e apaziguar a mente para que o atleta consiga ir além sem se preocupar com esforço físico.

O yoga é uma boa complementação do treinamento esportivo por oferecer a correção postural, flexibilidade, equilíbrio, força isométrica e principalmente o equilíbrio emocional. Além disso melhora e amplia a capacidade pulmonar.

 O yoga atinge a parte interna de cada órgão e não a periferia. Todo o mal é eliminado pela raiz, desintoxicando o corpo para depois buscar o equilíbrio da mente. Atingindo o equilíbrio emocional, o corpo fica menos exposto às tensões que levam a contusões. Como lucro, você ganha flexibilidade, equilíbrio, melhora sua respiração, aumenta concentração, fortalece os músculos preserva as articulações e aumenta seu desempenho.

Sabemos que a maioria dos corredores tem sua cadeia posterior encurtada, panturrilha, posterior de coxa e os paravertebrais, que precisam constantemente serem alongados, para criar leveza na corrida e aumentar a velocidade, prevenindo lesões. Uma outra região atingida  pela corrida são as articulações dos joelhos e lombar,  regiões em que o Yoga pode ajudar, prevenindo lesões.

Através da sua consciência na respiração e na execução das posturas, você observa o que está acontecendo fora e volta a atenção para dentro do corpo. Assim você pode praticar também o Yoga como foco para melhorar seu treino de corrida. 

Desejo uma boa prática com consciência!
NAmastê
Lu Perez

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Yantras = Mandalas







Yantra significa literalmente “suporte” e “instrumento”. É um desenho geométrico que atua como excelente ferramenta para a contemplação, concentração e meditação. Carrega em si grandes significados espirituais que pertencem a níveis mais elevados de consciência. 

O Yantra fornece um ponto de foco que é uma janela para o absoluto. Quando a mente está concentrada no singular, em um simples objeto  (neste caso, no Yantra), a vibração mental cessa. Pode-se então deixar o objeto quando a mente consegue permanecer vazia e silenciosa sem ajuda. Nas fases mais avançadas, é possível alcançar a união com o deus por sua visualização  geométrica.

A idéia é que cada forma emite uma freqüência específica, um padrão de energia. Símbolos como a estrela de Davi, a estrela de cinco pontas (pentágono), a cruz cristã ou as pirâmides também pode constituir um Yantra. Certos poderes são atribuídos às várias formas.


Quando uma pessoa se concentra num Yantra, sua mente é automaticamente "sintonizada" por ressonância à energia específica daquele desenho. O processo de ressonância é então mantido e ampliado. O Yantra atua apenas como um "sintonizador", um mecanismo, ou uma porta. A energia sutil não vêm do Yantra em si, mas do macrocosmo.Basicamente Yantras são chaves secretas para o estabelecimento de ressonância com as energias benéficas do macrocosmo. Muitas vezes o Yantras podem nos colocar em contato com energias e entidades extremamente elevadas, sendo de inestimável ajuda no caminho espiritual.

Namastê

HO

domingo, 3 de maio de 2015

Feliz Wesak





O FESTIVAL DE WESAK
Lua cheia de Buda (Touro)
O que deveria ser realizado em cada lua cheia de Touro?
1. A liberação de certas energias que podem afetar poderosamente a humanidade e que, se liberadas, estimularão o espírito de amor, de fraternidade e de boa vontade na Terra. Essas energias são tão definidas e reais como são as de que se ocupa a própria ciência que as chama de raios cósmicos.

2. A fusão de todos os homens de boa vontade no mundo em um todo integrado e com capacidade de resposta.

3. A invocação e a resposta de certos Grandes Seres, Cujo trabalho pode ser, e será possível, se o primeiro destes objetivos for atingido, graças à realização do segundo objetivo. Meditem nesta síntese dos três objetivos. Por que nome estas Forças Vivas são chamadas é inteiramente imaterial. Podem ser considerados como os vice-regentes de Deus, que podem e cooperarão com o Espírito de Vida e de Amor sobre o nosso planeta, aquele no qual vivemos, nos movemos e temos nosso ser. Certos pensadores podem considerá-los como os Arcanjos do Altíssimo, cujo trabalho tem sido possível pela atividade do Cristo e do Seu corpo de discípulos, a Igreja verdadeira e viva. Outros os considerarão como os Guias da Hierarquia planetária, que se encontram por detrás de nossa evolução planetária e que raramente tomam parte ativa exterior nas atividades do mundo, deixando isso para os Mestres de Sabedoria, salvo nos casos excepcionais como o atual. Qualquer que seja o nome pelo qual os chamemos, eles estão prontos para ajudar, se o apelo for feito com força e poder suficientes por parte dos aspirantes e discípulos no momento da lua cheia de Touro e da lua cheia de Gêmeos.

4. A evocação de uma atividade enérgica e concentrada do lado interno realizada pela Hierarquia de Mestres, essas  Mentes iluminadas à quais foi confiado o trabalho de direção do mundo. Deseja-se uma resposta e pode ser obtida entre os três grupos:
- a. A expectante e (nesse momento) ansiosa Hierarquia – ansiosa porque nem mesmo Eles podem dizer como reagirá a humanidade, e se os homens serão suficientemente sensatos para aproveitar a oportunidade oferecida. Os Mestres aguardam, organizados sob a direção do Cristo, o Mestre dos Mestres e Instrutor de anjos e homens. Ele foi instituído como o intermediário direto entre a Terra e o Buda, Aquele que, por sua vez, é o intermediário consagrado entre a Hierarquia expectante e as forças atentas.
- b. Novo Grupo de Servidores do Mundo, cujo objetivo é a paz do mundo, composto nesta época por todos os servidores sensíveis e consagrados da raça, que tem o propósito de estabelecer a boa vontade na Terra, como a base para a futura vida e expansão mundiais. Originalmente, este grupo era formado por uns poucos discípulos aceitos e aspirantes consagrados. As suas fileiras foram abertas, ultimamente, a todos os homens de boa vontade que trabalham ativamente por uma verdadeira compreensão, que estão prontos a se sacrificarem para ajudar a humanidade, que não vêem nenhuma linha de separação, mas têm, isso sim, o mesmo sentimento para com os homens de todas as raças, nacionalidades e credos.
- c. As massas dos homens e mulheres que responderam às idéias que foram lançadas, e que reagiram favoravelmente aos objetivos de compreensão internacional, interdependência econômica e unidade religiosa.

À medida em que estes três grupos de pensadores e servidores se tenham contatado, quando os três grupos possam estar alinhados, ainda que momentaneamente, muito pode ser realizado; as portas da nova vida podem ser abertas para dar passagem ao influxo de novas forças espirituais. Tal é o objetivo e a idéia do Grupo.
Que importância tem para vocês, pessoalmente,esta lua cheia de Touro? Parece-lhes ter suficiente importância para realmente significar tão grandes esforços a vocês? Crêem sinceramente que neste dia pode haver realmente uma liberação de energia espiritual suficientemente potente para mudar os assuntos do mundo, desde que os filhos dos homens desempenhem sua parte? Acreditam realmente, e estão prontos na prática, a apoiar a crença de que nesse dia o Buda, em cooperação com Cristo e com a Hierarquia de Mestres Iluminados, mais a ajuda oferecida por alguns dos Tronos, Principados e Poderes da Luz, que são a correspondência superior dos poderes das trevas, estão prontos a executar os Planos de Deus, quando for dado o direito e a permissão dos homens? A principal tarefa de vocês na atualidade, não é lutar contra os poderes do mal e as forças das trevas, mas despertar o interesse e mobilizar as Forças da Luz e os recursos dos homens de boa vontade e de inclinação correta no mundo atual. Não resistir ao mal, mas organizar e mobilizar o bem e assim fortalecer as mãos dos trabalhadores que estão do lado do direito e doar amor, para que o mal tenha menos oportunidades.
Se vocês tiverem fé no que lhes disse, – ainda que seja do tamanho de um grão de mostarda – se tiverem uma crença firme no trabalho do espírito de Deus e na divindade do homem, então esqueçam-se de si próprios e consagrem cada um de seus esforços, a partir do momento em que receberem esta comunicação, para a tarefa de cooperar no esforço organizado, a fim de mudar o curso dos assuntos mundiais, por meio de um acréscimo no espírito de amor e de boa vontade no mundo durante este mês.



ANTIGOS ENSINAMENTOS
 

Ensinamentos da Antiga Sabedoria consideram Wesak o momento mais significante do ano, quando um real evento celestial ocorre e se manifesta sobre a Terra. Considera-se que o Festival de Wesak seja um tempo em que o próprio Deus, transmitindo através de Buda e de Cristo, envia um benção para a Terra. Durante séculos tem sido celebrado na Índia e sempre ocorre na Lua Cheia de Buda. Durante esse tempo, a humanidade pode se alinhar completamente com forças espirituais que não estão à disposição em outras ocasiões do ano. A força dessa benção nos estimula espiritualmente e nos deixa mais preparados para servir completamente ao Plano Divino.

Próximo ao Nepal e rodeado pelas montanhas dos Himalaias, fica uma área de terra protegida. Um caminho, entre passagens estreitas, eventualmente se abre para um vale coberto de grama. Vários dias antes da Lua Cheia, buscadores espirituais entram no vale e aí montam tendas coloridas. Na parte norte do vale há uma grande rocha plana onde é colocada uma grande vasilha de cristal cheia de água. Logo antes da Lua Cheia, Cristo, os Senhores, os Mestres, os Arcanjos e os Iluminados que guiam o planeta Terra se reúnem ao redor dessa rocha para orar.
Poucos minutos antes do momento exato da Lua Cheia, pode se ver uma pequena luz no céu. À medida que ela se aproxima e cresce em claridade, a forma do Buda, com seu robe cor de açafrão e com as penas em posição cruzada, pode ser vista no céu.
 
o momento exato da Lua Cheia, Buda, suspenso sobre a rocha, estende sua mão em uma benção em direção a Cristo, que, representando a Humanidade, a recebe para distribuição. Então é pronunciada a Grande Invocação, enviando uma forte corrente de gratidão, da Humanidade para o Próprio Deus. Enquanto Buda envia sua Benção de Iluminação e Cristo envia sua Benção de Amor, a estrutura atômica e molecular da água se altera, recebendo uma infusão de Sabedoria. Ela é então distribuída em pequenas porções e levada ao mundo para ser compartilhada.
O Festival de Wesak é um momento poderoso de intenso serviço espiritual, feito da Humanidade para Deus e de Deus para a Humanidade, através de Buda e de Cristo. Durante os 8 minutos dessa celebração, o universo inteiro faz uma ligação unindo a humanidade com a Fonte da nossa criação, a que chamamos Deus. Os efeitos espirituais permanecem até o próximo Festival de Wesak.



Namastê 
Lu Perez