..

"A alma que não se abate, que recebe indiferentemente tanto a tristeza como a alegria, vive na vida imortal."Fonte - Bhagavad-Gita

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Ser Alegre

Pensando sobre o nosso mantra auspicio da semana que tem inserido toda felicidade e mentalização positiva em versos do Upanishad. 

Passei a me perguntar qual o tipo de felicidade que podemos ter? 

Comecei a pensar em todos os meus momentos felizes... sei que você também o está fazendo agora...tentei descobrir se era felicidade limitada, aquela que deriva das ações ou se era a felicidade ilimitada aquela que deriva do coração. 

Quando pensei nisso, comecei a separar todos os momentos de felicidade limitados para o ilimitado, pode acreditar um grande exercício a se fazer... não é que descobri que julguei muito da minha felicidade pelas minhas ações. Bom, isso foi pra mim a minha lição, que pode ser a sua também. 

Sânscrito; nanda é a alegria que nasce das nossas ações, que proporcionam prazer e segurança e ananda e a felicidade de nosso verdadeiro Ser, de toda nossa plenitude, essa felicidade que não começa e não tem fim ela é constante e viva e podemos desperta-la todos os dias de nossas vidas. Não só quando chega a sexta que podemos encontrar os amigos e se esconder atrás de um copo, também não é a felicidade do sábado quando estamos com a pessoa amada. 

Mas sim aquela felicidade da segunda-feira onde começa um novo dia, um novo amanhecer, um novo aprendizado e que se permanece assim sempre. Ufaaa... sei que isso parece meio complicado, mas podemos descomplicar para viver melhor, para crescermos, sairmos da ignorância e do sofrimento que a deriva, acredito que é por isso que estamos juntos, compartilhando. 

Precisamos quebrar o paradigma que para vivermos felizes, temos que sair comprando, consumindo, buscando a felicidade em uma viagem que sempre sonhamos em fazer... por isso continuamos muitas vezes igual um louco trabalhando, trabalhando e o tempo passando, passando, passando. 

Tudo o que vivemos a cada dia é a nossa felicidade, que não está nas prateleiras, no avião, muito menos em fugas de aventuras em busca de uma nova emoção. A sua emoção, a sua felicidade é agora. Não sonhe em buscar sua felicidade no amanhã, isso pode ser tarde demais. 

Assim sendo ananda não é uma experiência que vivemos, mas sim a felicidade plena da natureza do seu verdadeiro eu, do EU Sou, só assim a ignorância desaparece e podemos ir além do limitado, e continuar realizando nossas ações diárias recebendo as reações por cada ação como presente para evolução, e senão sair como gostaríamos... meus amores não fiquem lamentando, a nossa felicidade é maior que tudo isso e está no seu lugar mais sagrado. 

Uma linda musica para o nosso texto: “È melhor ser alegre que ser triste, a alegria é melhor coisa que existe é assim como a luz no coração...” 

Nossa oração: 
Om Sarvesham Svasti Bhavatu
Sarvesham Shantir Bhavatu
Sarvesham Purnam Bhavatu
Savesham Mangalam Bhavatu 

Que haja sucesso para todos 
Que haja paz para todos 
Que todos tenham plenitude ; e 
Que tudo seja auspicioso 

Sarve Bhavantu Sukhinah
Sarve Santu Niraamayaah
Sarve Bhadrani Pasyantu
Ma Kashid Dukha Bhag Bhavet 

Que todos sejam felizes; 
Que todos sejam saudáveis; 
Que todos só vejam o bem; e 
Que não haja nenhum sofrimento. (Upanishad) 

Desejo a todos uma semana repleta de felicidade e que possamos ser grato a cada momento que passamos juntos. 

Namastê, 
Luciana Perez

Nenhum comentário:

Postar um comentário