..

"A alma que não se abate, que recebe indiferentemente tanto a tristeza como a alegria, vive na vida imortal."Fonte - Bhagavad-Gita

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Cântico de ARATI







Cântico de ARATI
*Se encontra no CD entitulado "Assissi 1998".

Om jaya jaya jaga janani vande Amritanandamayi
Mangala arati mata bhavāni Amritanandamayi
Mata Amritanandamayi 
Vitória à Mãe do Universo, obediência a Vós, Amritanandamayi. Para Vós, uma arati de bons auspícios, Mãe Bhavani.

Janamana niga shukhadayini Mata Amritanandamayi
Mangala kārini vande janani Amritanandamayi
Mata Amritanandamayi 
Adorações Àquela que dá a verdadeira felicidade às pessoas, Àquela que dá todas as coisas boas.

Sakalāgama niga mādishu carite Amritanandamayi
Nikhilāmaya hara janani vande Amritanandamayi
Mata Amritanandamayi
Vós sois Aquela que é glorificada nos Vedas e Sastras. Adorações a Vós que destruís toda tristeza. 

Prema rasāmrita varshini Mata Amritanandamayi
Prema bhakti sandāyini Mata Amritanandamayi
Mata Amritanandamayi 
Vós derramais o néctar do Amor, Ó doadora de Amor incondicional.

Sama dama dāyini manalaya kārini Amritanandamayi
Satatam mama hridi vasatām devi Amritanandamayi
Mata Amritanandamayi 
Vós sois Aquela que doa o controle interno e externo. Ó Vós que dissolveis a mente, Ó Devi, façais a gentileza de sempre residir em meu coração.

Patito dhāra nirantara hridaye Amritanandamayi
Paramahansa pada nilaye devi Amritanandamayi
Mata Amritanandamayi 
O objetivo em Vosso coração é o de levantar os caídos. Estabelecida que Sois no estado de Paramahansa (alma Realizada).

He janani jani marana nivārini Amritanandamayi
He srita jana paripālini jayatām Amritanandamayi
Mata Amritanandamayi 
Ó Mãe que salva as pessoas do ciclo de nascimento e morte, que adota todos que procuram Vossa proteção.

Surajana pūjita jaya jagadambe Amritanandamayi
Sahaja samādhi sudanye devi Amritanandamayi
Mata Amritanandamayi 
Vós sois adorada pelos deuses, plena e estabelecida no Estado Natural de samadhi.

(repetir primeiro verso)


Nenhum comentário:

Postar um comentário