..

"A alma que não se abate, que recebe indiferentemente tanto a tristeza como a alegria, vive na vida imortal."Fonte - Bhagavad-Gita

sábado, 4 de fevereiro de 2012

MENSAGEM MÃE KWAN YIN

 
 
 
“Amados Filhos,
 
Eu Kwan Yin vos abençôo nas energias da misericórdia para que através da luz do poder possais buscar a verdadeira energia que é a chama que re-cria o paradigma humano através do potencial da compaixão.
 
A compaixão é a sintonia da alma, a luz que compreende, abençoa e cura todos os reinos encarnados, o potencial maior da fé que mais uma vez re-aviva todos os seres para que juntos possais re-escolher as energias do amor incondicional e da paz onde devereis continuar vos sintonizando com a sintonia maior da vossa própria energia de uma nova Terra.
 
A força hoje que predomina sobre o inconsciente coletivo é a luz da determinação, a verdadeira escolha do ritmo na constância, na disciplina e na alquimia.
 
O poder da transformação é a força que neste momento traz a energia da abundância e da compaixão eterna, o potencial da misericórdia e do auto-perdão, a lei do livre-arbítrio que mais uma vez consome todos os reinos e abençoa e consagra todos os reinos adormecidos para que na luz do poder verdadeiro possais re-despertar para as energias máximas do perdão.
 
Sabeis que as forças do perdão atuam para que cada um possa re-escolher a energia que magnetiza o poder da fé, para que no compromisso de alma possais continuar sendo a força do renascimento e na luz da vossa compreensão humana percebereis que as energias do perdão vos libertam, curam, abençoam e provêm a energia da misericórdia, abundância e magnitude máxima na aceleração do processo evolucional.
 
A humanidade hoje atravessa a energia do amor, a força da luz e a força da energia da verdadeira escolha, a irradiação que reconhece através da certeza do livre-arbítrio, a energia que enaltece a ancora a energia de um novo tempo motriz onde todos os reinos deverão ser a expressão da fé que re-edifica o chamado único da força maior que é a sintonia do re-equilíbrio através da harmonia.
 
Que nestes momentos de escolha possais continuar sendo a expressão da vossa própria fé, a luz do livre-arbítrio que enaltece o poder verdadeiro, o chamado da alma que é a irradiação da vitória, a luz do poder maior do amor incondicional que vos liberta, a sintonia da vida que mais uma vez transfere as energias que não condizem com as irradiações máximas de fé para que todos os seres possam ser a expansão maior do amor incondicional na unificação de todos os reinos através de novos valores.
 
Que através do chamado único possais buscar a transcendência, que na chama do livre-arbítrio possais ouvir o chamado da vossa alma, que no potencial da comunhão possais perceber a importância deste momento onde a humanidade como um todo re-escolhe o paradigma de uma nova realidade.
 
Através do livre-arbítrio todos os seres encarnados tem o poder de apontarem para a consciência crística e no amor devocional re-escolhem a compaixão eterna através da luz que iguala todos os reinos, no poder do amor que harmoniza todos os seres, na força da fé que revigora o potencial do eixo de uma nova consciência planetária onde através da unidade todos os reinos deverão expressar a fé e o livre-arbítrio na força maior do comprometimento com a chama da própria verdade.
 
Que possais, pois continuar sempre ancorando as energias de luz, o poder máximo do Grande Conselho Cármico, a força que permeia novos horizontes e as energias do autoperdão.
 
No perdão e na misericórdia compreendereis a força do amor compassivo, a luz maior que determina a chama de um novo eixo magnético sobre a Terra para que todos os seres possam ecoar a força da vitória, através do chamado do despertar da consciência humana, através da energia crística que mais uma vez re-acende a energia da força de uma nova esperança planetária através da energia motriz da fé e do amor incondicional.
 
Visualizeis o inconsciente coletivo do planeta envolto na chama violeta da transmutação para que todos os reinos acelerem os eixos de uma nova consciência e possam buscar através da luz da verdade o potencial maior que magnetiza o chamado único da verdadeira transformação.
 
Em nome, no poder e na bênção de todos os Seres do Conselho Cármico que possais continuar invocando pelo poder do vosso livre-arbítrio e no comprometimento da alma que possais ouvir o chamado da força da vossa própria fé para que juntos possais criar uma nova humanidade através da luz do amor incondicional.
 
Amor e Luz, Eu Sou Kwan Yin em vós.”
PAX

Ola Amados, vamos sintonizar juntos!

Na mitologia chinesa, Kuan Yin 观世音菩萨  é conhecida como a Deusa da Compaixão e da Misericórdia. Ela existiu como pessoa, igual a todos nós e somente depois de sua morte foi transformada em Deusa. Também conhecida como Quan'Am (no Vietnã), Kannon (no Japão), e Kanin (em Bali). Ela cobre as planícies alagadas do Oriente, do Egito à China. E é venerada em todo o mundo por milhões de pessoas, que a consideram o símbolo máximo da pureza espiritual.
 
Você entrará em contato com Kuan Yin através de meditação.
Coloque as mãos em posição de oração, dobre suavemente seus joelhos, incline a
cabeça e repita doze vezes:

NAMO KUAN YIN PUSA
 
TRaga suas mãos em Shiva mudrá, gesto de meditação, e peça que Kuan Yin preencha esse calice formado pela suas mãos, de amor Divino. Deixe tocar o mantra "OM MANI PADME HUM", "Saúdo a Jóia do Lótus"
 
 
 
 
 
Boa meditação,
Hari Om; Luciana.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário