..

"A alma que não se abate, que recebe indiferentemente tanto a tristeza como a alegria, vive na vida imortal."Fonte - Bhagavad-Gita

quarta-feira, 20 de março de 2013

Saúde Emocional ; uma vida dentro do yoga





Ao entrar em uma academia, ou até mesmo andando em um parque nos deparamos com lindos humanos, corpos incríveis, habilidade física perfeita, mas será que são realmente saudáveis? 

A sociedade exige e cobra a busca da perfeição; corpos perfeitos, profissionais perfeitos, maridos ou mulheres perfeitas, pais  perfeitos. Um termo que cabe bem nesse contexto utilizado por atletas  é “profissional de alta performance”, onde o sucesso e o fracasso é tão rápido quanto um piscar de olhos.

Todos correndo atrás da perfeição, como no desenho do papa léguas, o detalhe que nós somos o coyote e a perfeição o papa léguas. Observe o quanto de esforço que o coyote faz para correr atrás do papa léguas, todas estratégias sem sucesso.

São tantas coisas que desejamos para que nosso dia seja perfeito que fica impossível alcançá-lo, estamos sempre na busca de algo que nem mesmo nós sabemos. Ansiamos  por algo novo e perfeito; o melhor emprego, o “Homem perfeito”, a “Mulher perfeita”  Você consegue se ver nisso? Tenho certeza que sim!

Se conseguíssemos enxergar o que vai no coração de muitas pessoas, não ficaríamos tão felizes. Corpos incríveis ; porém mente agitada, habilidade física perfeita; porém nenhuma habilidade de se chegar ao coração...então onde está a saúde?

A busca da perfeição nos leva cada vez mais para o sofrimento e isso é como um câncer que vai comendo você aos poucos. Nosso presente é o espelho do nosso futuro, se vivemos na busca de algo que não podemos alcançar, o seu futuro é exatamente igual ao seu presente; nada de novo!

Se observarmos como essa insatisfação se reflete quando  comemos mais do que deveríamos, treinamos mais do que se  necessita, falamos mais do que escutamos. Sua mente quer satisfazer a sua insatisfação e isso nasce na mente. Liberte-se !

Ache o caminho de volta a sua verdadeira casa que nada mais é do que seu coração. Viva no momento chamado hoje, pois isso é a única coisa que tens. Sorria mais, mesmo das coisas mais tolas, cante e dance sem se preocupar  com o que vão dizer, respire.

Muitos não sabem o que é respirar, isso é tão importante que não valorizamos. Temos tanta certeza que vamos inspirar na próxima expiração que não nos damos conta disso.

Dentro do Yoga essa é a chave que abre a porta de um mundo novo!  Entrego a você leitor a chave desse novo mundo; respire por alguns segundos. Inspire na parte baixa, média e alta do tórax; inspirando  o abdômen para fora e expirando o abdômen para dentro. Toda criança quando nasce, respira assim, elas são completamente livres, nada as está reprimindo ou tirando do seu estado natural. Quando crescemos perdemos essa forma natural, se não praticamos ou não nos envolvemos com atividades que visam manter esse ciclo natural que é respirar, começamos a perder a respiração e passamos a executá-la só com a parte alta do tórax que nos transforma em pessoas agitadas e estressadas.

Assim, desejo a cada um de vocês que possam se livrar de todos esses sofrimentos e encontrar o caminho de volta a sua verdadeira essência, que mora em seu coração.

Lembre-se, você não precisa ser perfeito....a única verdadeira perfeição vem de Deus; que criou você!

Namastê
Luciana Perez

Nenhum comentário:

Postar um comentário