..

"A alma que não se abate, que recebe indiferentemente tanto a tristeza como a alegria, vive na vida imortal."Fonte - Bhagavad-Gita

domingo, 14 de agosto de 2011

Paramahansa Yogananda: A sabedoria do Oriente e do Ocidente







Nascido na Índia, em 5 de janeiro de 1893, Paramahansa Yogananda devotou sua vida a ajudar pessoas de todas as raças e credos a compreender e manifestar mais plenamente em suas vidas, a beleza, a nobreza e a verdadeira divindade do espírito humano através da ciência da Ioga.

Nestes mais de cem anos que transcorreram desde o nascimento de Paramahansa Yogananda, esse bem-amado instrutor mundial alcançou reconhecimento como um dos maiores emissários, no Ocidente, da antiga sabedoria antiga da Índia e a sua co-relação com os ensinamentos de Jesus Cristo. Sua vida e seus ensinamentos continuam a ser fontes de inspiração e de luz para pessoas de todas as religiões, através de sua vasta obra.

Paramahansa Yogananda nasceu no norte da Índia, e, após ter colado grau na Universidade de Calcutá, em 1915, fez os votos solenes de monge da Ordem Indiana dos Swamis. Dois anos mais tarde, iniciou a obra da sua vida com a fundação de uma escola da “Arte de viver”, em Ranchi, trabalho que cresceria até transformar-se atualmente em 21 instituições educacionais por toda a Índia.  Ali, ministram-se, até hoje, as matérias acadêmicas tradicionais juntamente com o treinamento em yoga onde jovens aprendem técnicas milenares para o controle da mente e do corpo, educação totalmente baseada nos valores espirituais universais. Mahatma Gandhi e Rabindranath Tagore, dois mestres da Humanidade conheceram Yogananda e compartilhavam dos mesmos ideais educacionais.

Em 1920, conforme havia sido previsto pela sua linhagem de mestres, Sri Yogananda foi para os EUA, sendo convidado para ser delegado da Índia a um Congresso Internacional de Religiosos Liberais, em Boston. Nesse mesmo ano, fundou a Self-Realization Fellowship, para difundir, por todo o mundo, seus ensinamentos, que lhe foram transmitidos pela linhagem dos mestres Mahavatar Babaji, Lahiri Mahasaya e Sri Yukteswar.

Em suas apresentações, Yogananda gostava de comparar os avanços científicos do século 20 com a filosofia hindu. Costumava associar as premissas da Física de quântica com as bases da metafísica indiana de que, sob a aparente diversidade do universo, existe uma só realidade. Segundo Paramahansa Yogananda, Einstein, ao reduzir a estrutura cósmica às variações de uma única lei, regressou, por milênios, à origem da milenar sabedoria hindu, na época em que os antigos sábios proclamaram a existência de uma única textura que forma a criação.

Ao longo da década seguinte, Paramahansa Yogananda viajou intensamente, dando palestras e aulas em que instruiu milhares de homens e mulheres na ciência da yoga e de como levar uma vida espiritual equilibrada.

Ensinou a unidade subjacente às grandes religiões do mundo e métodos de meditação universalmente aplicáveis para alcançar a experiência pessoal e direta de Deus. Aos estudantes de seus ensinamentos realmente dedicados, apresentou as técnicas de meditação científica da Kriya-Yoga, que produzem o despertar da alma e constituem os alicerces dessa ciência espiritual sagrada que proporciona uma evolução espiritual muito mais acelerada no homem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário