..

"A alma que não se abate, que recebe indiferentemente tanto a tristeza como a alegria, vive na vida imortal."Fonte - Bhagavad-Gita

quarta-feira, 19 de junho de 2013

The real revolution





É importante lembrar que a revolução tem que ser interna também! Para acusar os políticos de corrupção, roubo, etc, temos que ter a nossa consciência tranquila e abandonar de uma vez por todas o jeitinho brasileiro!

"Veremos o quão importante é trazer para a mente humana, A REVOLUÇÃO RADICAL.

Essa crise é uma crise na consciência. Uma crise que NÃO PODE MAIS aceitar as velhas normas... Os velhos padrões... As antigas tradições.

E considerando o que o mundo é hoje, com toda a miséria, conflitos, brutalidade destrutiva, agressão, entre outras coisas... O homem AINDA é o mesmo de antes.

Ainda é bruto, violento, agressivo, acumulador, competitivo... E ele construiu uma SOCIEDADE nesses termos.

O que estamos tentando com toda essa discussão e retórica, é ver que não podemos mais fazer acontecer uma radical transformação sem a mudança da mente.

Não devemos aceitar as coisas como elas são, mas sim entendê-las, mergulhar nelas, EXAMINÁ-LAS. Use seu coração, a sua mente e tudo o que você tem para descobrir um jeito DIFERENTE de viver.

Mas isso depende de VOCÊ e de mais ninguém. Pois nisso não existe professor nem aluno, não há LÍDER, não há "guru" nem muito menos mestre, não há UM SALVADOR.
VOCÊ MESMO será o professor, o aluno, o mestre, o "guru", o líder. Você É TUDO...

E... "ENTENDER É TRANSFORMAR O QUE EXISTE."

Jiddu Krishnamurti (1895-1986)
(trecho do depoimento "The real revolution" para a National Education Television NY - 1935)

Nenhum comentário:

Postar um comentário